Minibula

Somatuline® Autogel® acetato de lanreotida 60 mg, 90 mg e 120 mg
Indicações: tratamento de acromegalia quando as secreções de hormônio de crescimento (GH) e IGF-1 permanecem anormais após cirurgia e/ou radioterapia, ou para os pacientes para os quais a cirurgia e/ou a radioterapia não são uma opção. Tratamento dos sintomas clínicos associados à acromegalia. Tratamento dos sintomas clínicos associados a tumores neuroendócrinos/carcinoides. Tratamento de tumores neuroendócrinos gastroenteropancreáticos (TNE-GEP) no tratamento de doença irressecável, localmente avançada ou metastática, em pacientes adultos, sendo que nestes casos deverá ser utilizada a apresentação de 120mg.
Contraindicações: hipersensibilidade conhecida à somatostatina ou outros peptídeos relacionados, assim como com qualquer outro componente da formulação.
Cuidados e Advertências: administração por via subcutânea profunda. Conservar entre +2°C e +8°C. Não congelar. O tratamento com lanreotida pode reduzir a motilidade da vesícula biliar e levar à formação de cálculo biliar. Houve relatos pós-comercialização de cálculos biliares, resultando em complicações, incluindo colecistite, colangite e pancreatite, exigindo colecistectomia em pacientes que usam acetato de lanreotida. Em caso de suspeita de complicações da colelitíase, interrompa o uso do medicamento e trate adequadamente. Pacientes podem apresentar hipoglicemia ou hiperglicemia, e qualquer tratamento antidiabético deve ser ajustado adequadamente. Ligeiras reduções da função tireoidiana foram observadas. Diminuição da frequência cardíaca foi observada em pacientes sem problemas cardíacos subjacentes. Bradicardia sinusal foi observada em pacientes que sofrem de desordens cardíacas.
Interações Medicamentosas: pode reduzir a absorção intestinal de medicamentos administrados concomitantemente, inclusive ciclosporina. A administração concomitante de ciclosporina e lanreotida pode causar decréscimo da biodisponibilidade relativa da ciclosporina, podendo ser necessário o ajuste de dose da ciclosporina. A administração concomitante de análogo da somatostatina e bromocriptina pode aumentar a biodisponibilidade da bromocriptina. A administração concomitante de drogas indutoras de bradicardia pode ter um efeito aditivo na ligeira redução da frequência cardíaca associada à lanreotida.
Reações Adversas: muito comuns (> 1:10): diarreia ou fezes amolecidas, dor abdominal, colelitíase; comuns (> 1:100, < 1:10): ALT anormal, AST anormal, bilirrubina sanguínea aumentada, hemoglobina glicosilada aumentada, perda de peso, redução de enzimas pancreáticas, bradicardia sinusal, vertigem, cefaléia, letargia, náusea, vômito, constipação, flatulência, distensão abdominal, desconforto abdominal, dispepsia, esteatorreia, alopecia, hipotricose, redução de apetite, hiperglicemia, Diabetes mellitus, hipoglicemia, fadiga, reações no local de injeção (dor, massa, nódulo, endurecimento, prurido), dilatação biliar; incomuns (> 1:1000, < 1:100): AST aumentada, fosfatase alcalina sanguínea aumentada, bilirrubina sanguínea anormal, sódio sanguíneo reduzido, fezes esbranquiçadas, insônia.
Posologia: Acromegalia: para pacientes em início de tratamento deve-se administrar 60 mg, 90 mg ou 120 mg por via subcutânea profunda, a intervalos de 4 semanas por 3 meses. Tumores Carcinoides: dose inicial recomendada é de 60 mg a 120 mg a cada 28 dias. Em ambas as indicações a posologia deverá ser ajustada de acordo com a resposta do paciente avaliada pela redução das concentrações plasmáticas de GH e/ou IGF-1 e/ou conforme o grau do alívio sintomático obtido. Tratamento de TNE-GEP: a dose recomendada é de uma injeção de 120 mg administrada a cada 28 dias.
 
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. USO RESTRITO A HOSPITAIS E CLÍNICAS MÉDICAS.
Para mais informações, consulte a bula completa do produto. MS-1.6977.0002.
Bula aprovada pela ANVISA em junho/2020. SAC 0800 770 1820. www.ipsen.com.br
 
Contraindicação: hipersensibilidade conhecida à somatostatina ou outros peptídeos relacionados, assim como com qualquer outro componente da formulação.
Interação Medicamentosa: pode reduzir a absorção intestinal de medicamentos administrados concomitantemente, inclusive ciclosporina.
 
Abril/2020 |SOM-BR-000332 | Material destinado exclusivamente aos profissionais prescritores e dispensadores de medicamentos.